A tranquilidade de um interior

O quanto um espaço pode tranquilizar, revitalizar e inspirar a viver um dia a dia tranquilo e feliz. O quanto um interior cheio  e sobrecarregado pode ser devastador e tóxico. Um (O) interior faz toda a diferença.

Imperfeitas (???)

Imperfeitas aos olhos de todas as que julgam e comentam , criticam e deitam para baixo a pouca auto-estima que sentem (as imperfeitas e as ditas perfeitas, sim, porque quem arrasa com comentários deve-se sentir igual ou pior que a gorda, a magra, a feia, a estranha…). Não falo de comentários que passam pela nossa cabeça assim que vemos algo que nos choca, chama a atenção…falo de comentários que são ditos e escritos, enfatizados, com o intuito de denegrir, falar mal, rebaixar quem sai dos (ditos) estereótipos que a sociedade impôs. Mas pelo vistos há impressa que quer tentar mudar isso. Se esta é a tendência que dá dinheiro agora, se é tendência falar, então que seja, mas que valorizem todas as mulheres lindas que sentem ser imperfeitas porque meio mundo assim o enfatiza: seja na tv ou em revistas que há tanta manipulação de imagem , seja por comentários absurdos nas redes sociais ou pessoalmente … Quem nunca se sentiu imperfeita ? Quem nunca pensou “hoje não me sinto bonita”? Sentir-se imperfeita é perfeitamente normal , ser-se imperfeita é de loucos.

Manipulação x Identificação: Um texto para complementar a sua dita imperfeição (!!!)

A falta do “nós” me fez valorizar o “eu”

Terminei contigo e comecei comigo.

Seria mentira se eu falasse que não fui contra, pois eu tentaria mais uma vez e seria capaz de engolir os maiores sapos só pra gente continuar dando certo (…)

Leva um tempo até que a gente entenda que faz bem o tempo levar coisas da gente

Eu seria capaz de dizer que tudo estaria muito bem hoje só porque eu gostaria que estivesse, não porque estaria mesmo, sabe?

A falta do “nós” me fez valorizar o “eu”

Um sítio feliz …

Um site cheio de inspiração: inovação e criatividade para todos – Hypeness – que faço por virar tendência no meu dia a dia. Hoje li todas estas histórias inspiradoras e felizes:

Os pedidos de casamento mais emocionantes

Amar é ficar , mesmo quando toda a gente se foi embora

Cassandra Naud – única e memorável porque se mostra ao mundo como é

Morgan S. : 19 anos e muita coragem

Albert Baby Cat – faz mais sucesso no Instragram que muita gente

Creepers (Looks)

Muita inspiração para os meus novos sapatinhos ❤

Creepers com vestidos

Creepers com calções

Creepers com saia

Creepers com saia ou calções

Creepers com calças

| créditos das imagens: basta clicar nas fotos |

Às nove , ou a qualquer hora, no blogue dela.

http://asnovenomeublogue.clix.pt/  , é o nome de um blogue que inspira, muito!

Inspira-te a olhar para as coisas mais simples que a vida tem e a tirar partido delas, enfatiza estados de alma (muitos estados de alma) que não conseguimos expressar quando os sentimos, mas que são tal e qual como aqueles textos descrevem …

Inspira(ção) (a) fundo:

dar tempo ao tempo

Dos dias em que temos a sorte de poder dar tempo ao tempo. De ter espaço e ar para respirar fundo. Inspirar todo o silêncio e o azul do nosso lugar favorito. Aproveitar cada bocadinho, e agradecer, tanto, esta pausa tão doce que a vida nos oferece.

Ter esta secreta certeza de que quando aprendemos a dar tempo ao tempo tudo acaba por passar, serenar, voltar ao devido lugar. Sentimo-nos, de novo, de bem connosco e com o mundo.

E como diz um dos  meus livros favoritos, «em vez de desatar a correr à frente do comboio, é melhor sair da linha e deixá-lo passar. Há muitos mais comboios do que imaginamos e, por mais longa que seja a espera, algum há-de chegar para nos levar para onde precisamos de ir.»

tempo ganho

Saber esperar, ter paciência, valorizar a distância e aprender a ter recuo de tudo o que nos parece nublado. Sentir o pulso e a real dimensão que as nossas dúvidas/angústias/ansiedades têm, quando nos obrigamos a sair um pouco da roda onde corremos, sem parar, todos os dias. Seja por um par de minutos, de horas ou de dias.
Sair. Parar. Desacelerar. Respirar. E voltar, depois, à velocidade dos dias, e ver com (mais) clareza – e já a segurar – a ponta do novelo que teimava em não aparecer.
Acredito que a vida sabe sempre. Como, quando e onde. Seja nas respostas que nos dá, ou nas perguntas que nos ensina a reformular.

voltar

Os dias bons não têm de ser dias perfeitos. São dias bons e isso é muito bom.

Dias em que tudo é mais simples, dentro da imperfeição da vida. Dias em que as certezas são mais fortes do que as dúvidas. Dias em que o amor basta. Dias em que podemos até nem saber muito bem o que vem a seguir, mas temos a certeza absoluta de que ninguém nos tira nada do que somos, do que temos e do que vivemos.
Trago em mim uma certeza que é uma bússola, que me enche o peito de ar e me renova a fé de serem estes os dias de absoluto existir. Os dias em que sabemos tão bem que ser feliz hoje, agora, é mais importante do que ser feliz para sempre

Inspirar para viajar ou viajar para inspirar

Tal como li à pouco, “viajar só não é viajar sozinho” e “como é bom ter coragem para conhecer o mundo” …
Quer seja sozinha ou acompanhada, viajar é a única coisa que por mais que gastes, tornas-te mais rica. Quanto admiro todas as pessoas que se cansam da vida que têm e partem sem rumo para explorar outras vidas, outros mundos. No outro dia li uma história dessas, de um casal que tinha tudo para estar feliz (casa, carro e carreira de sonho) mas não se sentia completo, a vida era demasiado rotineira, “tudo aquilo” virou  “só aquilo”. Então de um sonho idealizado na sala de estar através de um mapa,  passaram  na realidade por 41 países em 365 dias. Saíram de casa para o mundo:  http://nomadesdigitais.com/historia-nomade-quando-uma-vida-cheia-e-feliz-nao-e-suficiente/  e fizeram disso uma experiencia para a vida. (Experiencia de qualquer pessoa sonha, mas só sonha…não idealiza…por tantos porquês, e “ses”)
Roteiros, curiosidades, motivos e emoções para viajar – http://nomadesdigitais.com/category/viagem/
Fonte - Nómadas Digitais // Foto: Oleg Grigoryev

O ponto de vista de dentro de uma barraca

Fonte: Nómadas Digitais

Pra conhecer antes de morrer

Fonte - Nómadas Digitais // Foto: Ricardo Gonçalves

Nosso Portugal

Fonte: Nómadas Digitais

O pôr do sol no mundo

Clica nas imagens e viaja…